Frederick Wassef sofreu tentativa de homicídio em Brasília
Reprodução
Frederick Wassef sofreu tentativa de homicídio em Brasília

Frederick Wassef, advogado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) , havia se envolvido em uma confusão no Restaurante Chicago Prime, no Lago Sul, em Brasília. Como vingança, Adroaldo Juliani - marido da suposta vítima - partiu em direção de Wassef com uma faca na mão. Após a investigação da Polícia Civil de Brasília, porém, a conclusão foi de o advogado foi vítima de uma tentativa de homicídio. As informações são da revista Veja.

Conduzido pela 1ª Delegacia de Polícia de Brasília, o relatório final do inquérito relata que Wassef não assediou a suposta vítima. Isso porque câmeras de segurança, bem como relatos de testemunhas no local, indicam de forma clara que Frederick não se aproximou de Márcia Juliani, do banheiro feminino ou de qualquer outra mulher dentro do restaurante.

A polícia confirma que está "absolutamente comprovado que em nenhum momento houve qualquer ‘assédio’, ‘gracejo’, ‘cantada’, conduta inapropriada ou mesmo uma simples conversa" de Wassef com a suposta vítima.


"A análise dos elementos de informação colhidos demonstra que ‘as acusações’ feitas pelo indiciado no local dos fatos, a partir de uma alegação de sua esposa, são inverdades, e que tais inverdades quase foram usadas para justificar um crime de homicídio", atesta o inquérito finalizado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários