Polícia prendeu R$ 100 mil na casa de vereador
Arquivo pessoal
Polícia prendeu R$ 100 mil na casa de vereador

A Polícia Federal apreendeu mais de R$ 100 mil e uma arma na casa do  vereador Márcio Nascimento de Souza, mais conhecido como Márcio da Farinha, em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, nessa terça-feira (7). A ação foi realizada durante o cumprimento de 23 mandados judiciais na Operação Sand Castle.

As investigações têm o objetivo de combater crimes de fraude à licitação, desvios de recursos, lavagem de dinheiro, organização criminosa e estelionato previdenciário no município de Marechal Thaumaturgo, cujo vice-prefeito Valdélio Furtado também estaria envolvido.

Quantia foi apreendida na casa do vereador
Arquivo/Polícia Federal
Quantia foi apreendida na casa do vereador

O advogado do vereador, Jair Castro, negou seu envolvimento na possível fraude. A defesa alegou que ele também não participa de processos licitatórios e afirmou que o dinheiro encontrado faz parte do trabalho comercial de compra e venda de farinha do vereador.

"Meu cliente está tranquilo, não participa de processo licitatório, a empresa dele nunca participou de pregão algum. Então, está muito tranquilo com relação ao esclarecimento dessa investigação", informou o advogado.

Você viu?

De acordo com ele, Márcio da Farinha não chegou a ser preso ou conduzido, se apresentou espontaneamente à polícia, prestou depoimento e foi liberado.

"O Márcio exerce atividade de compra e venda de farinha e, claro, essa atividade dele demanda dinheiro em espécie porque a farinha é comercializada na zona rural, onde não passa cartão e precisa realmente de dinheiro. Inclusive, o pedido de restituição destes valores vai ser feita ainda no dia de hoje [quarta,8]. Estamos apenas aguardando a liberação do acesso ao processo e comprovar a licitude do dinheiro", afirmou.

— Com informações do G1

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários