Homem que se declarou islã foi preso antes de que explodisse detonador
Divulgação Policia Militar de Minas Gerais
Homem que se declarou islã foi preso antes de que explodisse detonador

A Polícia Militar prendeu um homem de 39 anos que estava com uma bomba dentro de um prédio residencial na manhã desta segunda-feira (1) em Belo Horizonte.

Para os policiais, o suspeito disse ser simpatizante ao Islamismo e ter interesse por artefatos explosivos. Ele ainda disse que quando detonasse a bomba, iria gritar “Allahu Akbar”, termo arabe que significa “Deus é o maior”. 

Segundo informações, o homem disse também que pesquisa sobre montagem de explosivos na “ deep web” , e que faz parte de uma associação, de 13 membros, que fazem experimentos físicos e químicos. “Gosto de ver o circo pegar fogo” teria dito aos policiais quando questionado sobre qual seria sua religião.

Produzindo de forma caseira, com pólvora, o suspeito alegou que iria explodir o objeto para fazer um teste. A polícia o localizou a partir das câmeras de seguranças do prédio.

O Grupamento de Ações Táticas Especiais ( Gate ) foi chamado até o local e desarmou a bomba. O homem de 39 anos foi conduzido a uma delegacia da Polícia Civil para prestar depoimento.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários