Edileuza Ramalho
Reprodução/Facebook
Com a força da explosão, o filho da vítima afirmou que foi jogado a mais de um metro de distância

Na última terça-feira (5), uma mulher ficou ferida depois de  abrir um pacote bomba na cidade de Francisco Morato, na Grande São Paulo. Ela recebeu a caixa como um "presente", junto com flores. 

Edileuza Ramalho , de 49 anos, foi levada para a Santa Casa de Misericórdia de Francisco Morato. Em entrevista ao Bom Dia São Paulo , Jhonatan Cardoso dos Santos , filho da vítima, informou que os ferimentos da mãe foram superficiais.

Jhonatan disse que os presentes chegaram no final de semana, porém, como a mãe estava na praia, ela abriu somente ontem. 

"Sentei no sofá da sala, e ela falou que ia abrir o presente. Assim que levantou a tampa da caixa, começou a subir uma fumaça preta. Ela falou que tava pegando fogo, dei dois passos e nisso explodiu", contou.

Com a força da explosão, ele afirmou que foi jogado a mais de um metro de distância, chegando até a porta da cozinha. A bomba também deixou o teto da casa destruído

"Levantei correndo para ver como minha mãe estava. Tinha muita poeira e aí a vi no chão. Tinha sangue no chão, minha mão estava com sangue", continuou.

O filho contou ainda que Edileuza suspeita que um ex-namorado seja o responsável pelo ataque. 

"Ela ficou sabendo que ele era casado. Então, minha mãe colocou um ponto final e terminou. Ela até bloqueou ele nas redes sociais, mas ele continuou ameaçando", disse.

O jornal informou que a Polícia Civil está investigando o caso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários