Policial civil flagrado agredindo a mulher foi afastado da corporação
Reprodução
Policial civil flagrado agredindo a mulher foi afastado da corporação

Três policiais civis foram flagrados agredindo e ameaçando uma mulher dentro de uma embarcação no Pará na tarde da última quarta-feira (16). 

A confusão teria iniciado após a mulher pedir para que um dos policiais se afastasse de sua rede, que estaria muito próximo, e por medo do contágio do novo coronavírus (Sars-Cov-2), ela se preocupou com a aglomeração no barco.

Contudo, um homem, acompanhado de outros dois amigos, que ajudaram na ação, se irritou com o pedido e começou a agredi-lá, e mesmo sem qualquer identificação de policial , empunha a arma e dá voz de prisão para a mulher, sob alegação de crime de desacato .

Confira o vídeo:


"Eu vou te dar dois minutos para você carregar suas coisas, se não eu vou te levar a força, você vai sair presa daqui", ameaçou o policial. Em outro momento, ele jogou pertences da vítima no rio.

Em nota, a Polícia Civil lamentou o ocorrida e afirmou que “ao tomar conhecimento do caso instaurou, de forma imediata, pela Corregedoria da Polícia Civil, um procedimento para apurar o caso, além de determinar o afastamento e a remoção dos policiais do local onde atuam”.

Mateus William, sobrinho da mulher agredida, relatou que a vítima está abalada e com diversos hematomas no corpo, fruto das agressões sofridas:

"Ela está apavorada, assustada e bastante machucada. Tem marcas pelo corpo, pela perna, no braço, a boca dela está estourada. O rosto está roxo, tanto dela como da outra moça que estava com ela, tudo consequência da agressão do policial", disse em entrevista ao Uol.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários