cadela estuprada por vereador
Divulgação / Polícia Civil
Cadela foi encaminhada para clínica veterinária e exames comprovara o abuso sexual

O candidato a vereador denunciado por supostamente estuprar uma cadela em Caldas Novas, em Goiás, foi encontrado morto nos fundos de uma residência localizada em Araguari, Minas Gerais. O corpo de Sandoval Leão (PT) foi encontrado no sábado (7) e ele teria se matado.

A Polícia Civil de Minas Gerais está investigando o caso, ainda que os indícios apontem para suicídio.

Um dia antes de ser encontrado sem vida, Sandoval buscou atendimeto médico na Unidade de Pronto Antendimento (UPA). Ele também teria registrado a perda dos documentos na polícia.

A denúncia contra Sandoval foi feita pelo dono da cadela , que teria flagrado os abusos cometidos pelo candidato. O crime teria acontecido em 30 de outubro. A queixa de maus-tratos contra o animal foi registrado cinco dias após.

O PT anunciou a expulsão do candidato após a denúncia e Sandoval fugiu da cidade. A cadela foi resgatada pelo dono e encaminhada para uma clínica veterinária onde os exames constataram o estupro .

    Veja Também

      Mostrar mais