Segundo a polícia, famosos estariam entre clientes do homem.
Divulgação/Polícia Civil
Segundo a polícia, famosos estariam entre clientes do homem.

Policias da 14ª DP (Leblon), na noite desta terça-feira, num apart hotel em Copacabana, na Zona Sul do Rio, um suspeito de traficar drogas por meio do WhatsApp . De acordo com as investigações, Glauber Ramos Alves, de 28 anos, se identificava como empresário e tem, no papel, uma firma de venda e manutenção de equipamento eletrônicos. Essa empresa seria fachada para negociação das drogas.

No apartamento dele, os policiais encontraram diversos tipos de drogas: ecstasy, cocaína nine (como é conhecida a droga com alto teor de pureza), maconha, balanças de precisão e material para embalar entorpecentes.Foram também apreendidas duas cartelas de munição.

Segundo a polícia, os clientes de Glauber era moradores da Zona Sul - entre eles, pessoas famosas. Ao ser abordado, o suspeito resistiu e lutou com os agentes, que tiveram dificuldade para dominá-lo e prendê-lo. Glauber foi autuado em flagrante e responderá por tráfico de drogas e resistência, com penas de até 15 anos de reclusão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários