Tiro de espingarda caseira mata criança de 3 anos em Manaus
Reprodução
Tiro de espingarda caseira mata criança de 3 anos em Manaus

Na segunda-feira (20) uma criança identificada como Yasmin Vitória da Rocha, de 3 anos, morreu ao ser baleada pelo padrasto em um sítio na Zona Oeste de Manaus. O homem foi preso alegando ter disparado acidentalmente contra a menina.

A criança estaria brincando em local próximo ao padrasto, que não teve a identidade revelada, quando ele estava manuseando uma espingarda caseira , a mesma disparou e pegou nas costas de Yasmin. A família levou a menina para o Pronto Socorro da Criança, localizado na Compensa, mas ela não resistiu. 

Em entrevista ao G1, o conselheiro tutelar da Zona Centro-Oeste de Manaus, Cosme França, declarou: “A avó nos relatou que o padrasto não tinha um bom convívio com a menina. As vezes, é um ciúmes. A família acredita que foi proposital.”

O padrasto da criança alegou para a polícia que o tiro foi acidental. Ele se apresentou na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) e depois foi conduzido para a Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS), onde o caso foi registrado e serão tomados os procedimentos cabíveis.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários