Edilson Alves do Nascimento Oliveira
Reprodução
Edilson Alves do Nascimento Oliveira foi preso em sua casa em Vargem Pequena

Policiais Civis da Delegacia de Combate à Drogas (DCOD) prenderam neste sábado Edilson Alves do Nascimento Oliveira, apontado pela investigação como um dos maiores nomes por trás do tráfico de drogas e armas para comunidades no estado do Rio de Janeiro. Os policiais o encontraram em sua casa, em Vargem Pequena, na Zona Oeste da cidade. Foram cumpridos três mandados de prisão preventiva, pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

O homem não ofereceu resistência ao ser encontrado em sua casa de luxo, de dois andares, com jardim, piscina e churrasqueira. Segundo a polícia, ele é responsável pela chegada de armas e drogas vindas do Paraguai para abastecer facções no Rio, em locais como Serrinha, Rocinha e Complexo da Penha.

Edilson , que é do Paraná, foi preso pela primeira vez em 2012. Dois anos depois, a esposa dele, uma dentista, também foi presa sob a acusação de tráfico drogas e porte de armas de uso restrito, em Curitiba. Na época, ela foi detida enquanto recebia uma espingarda e uma pistola na garagem de seu consultório. Também foram apreendidos em sua residência 15kg de maconha , pouco mais de um quilo de crack, pistolas e uma submetralhadora . A mulher de Edilson disse que ele a apresentou ao mundo do tráfico.

Em julho de 2018, mais de 700kg de maconha foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal. A carga foi indicada como pertencente à Edilson , e era transportada em meio a uma carreta que levava madeira. As drogas estavam avaliadas em quase R$ 1 milhão. Agora, ele será levado para a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), ficando à disposição da Justiça.

    Veja Também

      Mostrar mais