flávio bolsonaro
Pedro França/Agência Senado
Senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) é investigado sob suspeita de rachadinha na Alerj

Ministros de tribunais superiores avaliam que o foro especial concedido pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ao senador  Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) desrespeitou a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) na investigação sobre as "rachadinhas" na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). As informações são da Folha de São Paulo. 

A decisão pode ser derrubada pelos tribunais de Brasília e o caso retornaria ao juiz de primeira instância, Flávio Itabaiana ,  titular da 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. O mesmo juiz foi o responsável pela quebra dos sigilos de Flávio Bolsonaro e mandou prender o ex-assessor do parlamentar, Fabrício Queiroz .

O filho do presidente Jair Bolsonaro é investigado sob suspeita de ser líder de uma associação criminosa que desviava parte dos salários dos servidores do gabinete como deputado estadual na Alerj.

O ex-assessor de Flávio, Fabrício Queiroz , foi preso e está sob a suspeita de recolher os pagamentos dos funcionários e é amigo pessoal de Jair Bolsonaro (sem partido) desde 1984. 

    Veja Também

      Mostrar mais