PM com arma do crime arrow-options
Polícia Militar/Oriximiná
Vítima foi atacada com um punhal.

Um homem de 29 anos que estava com a esposa dentro de um bar na cidade de Oriximiná, no Pará , foi morto após se recusar a abrir o estabelecimento. O assassinato aconteceu na madrugada desta quarta-feira (8). Vítima alegou que não poderia abrir o local por causa do toque de recolher vigente na cidade.

Leia também: Estudo aponta que distanciamento social pode evitar 89 mil mortes em São Paulo

Segundo a polícia, a vítima, que foi identificada como Fagner Soares, estava dormindo em uma rede dentro do bar quando três homens e uma mulher apareceram e começaram a bater na porta do estabelecimento. Depois de dizer que não iria abrir, Fagner apanhou um pedaço de pau e seguiu o grupo até ser atacado com um punhal .

Fagner chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia apreendeu a arma utilizada no assassinato e prendeu um suspeito que, segundo um oficial da polícia, nega ter sido o autor do crime.

    Veja Também

      Mostrar mais