presídio
Wilson Dias/Agência Brasil
Penitenciária


Dententos do sistema prisional do Rio de Janeiro estão levando sucessivas queixas e movendo ações de habeas corpus na justiça, sob a alegação de que têm sintomas da Covid-19, o novo coronavírus , ou que estão convivendo com companheiros infectados.

As informações foraam divulgadas pelo jornal Extra,  que teve acesso aos pedidos de habeas corpus movidos pela defesa dos presos no Tribunal de Justiça do Rio e no Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

Leia também: Francês fura quarentena para comprar cigarro na Espanha e se perde na fronteira

Os presos que exigem liberdade não são parte do grupo de risco. Todos os pedidos feitos até o momento foram negados pelos magistrados que determinaram que os presos sejam atendidos dentro dos presídios, caso manifestem sintomas da doença.

A Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap), não há casos confirmados de Covid-19 no sistema prisional do Rio . Porém, a defesa dos presos alega que há casos dentro dos presídios e que “nenhum exame ou atendimento médico está sendo feito, deixando-o à própria sorte", segundo informações colhidas pelo jornal Extra em um dos pedidos feitos à justiça carioca pelos advogados de um homem preso em flagrante por um roubo na Zona Oeste do Rio.

O desembargador Fernando Cerqueira Chagas, no Plantão Judiciário, negou o pedido

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários