carro com vidro quebrado
Tv Globo / Reprodução
Suspeitos só pararam veículo após ele capotar em ribanceira

A Polícia Militar do Distrito Federal apreendeu três menores de idade de 12 e 14 anos por suspeita de amarrar e agredir um motorista de aplicativo na terça-feira (25) no Paranoá.

Os três menores de idade, um com 12 e dois com 14 anos, teriam cometido o crime com ajuda de um jovem de 18 anos, que conseguiu fugir do local com a chegada dos oficiais. Em boletim de ocorrência, o motorista narrou que foi rendido com uma faca assim que aceitou a corrida.

Leia também: Motoristas de aplicativo fazem ‘buzinaço’ em Campinas após assassinato de colega

Ele ficou sob a mira da arma branca, amarrado e colocado no porta-malas do próprio veículo, enquanto os adolescentes dirigiam o carro por mais de 20 quilômetros pedindo dinheiro e dados do cartão dele.

Após uma sessão de espancamento e agressões , o homem foi novamente colocado no carro e na viatura da polícia desconfiou da ação, dando ordem de parada ao veículo. Os suspeitos não obedeceram e uma perseguição foi iniciada.

O carro só parou após cair de uma ribanceira. Os adolescentes estão sob poder da polícia. A identidade não foi revelada, mas a polícia confirmou que um deles tinha antecedentes criminais de homicídio. O motorista passa bem.

    Leia tudo sobre: aplicativo

    Veja Também

      Mostrar mais