morte de gatos
Reproduçao TV Globo
Gato em condomínio no Rio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está investigando a morte de mais de 30 gatos em um condomínio na capital carioca. Os animais não possuíam donos e habitavam uma área de mata próxima ao prédio, o que gerava reclamações dos moradores do local. 

Leia também: Pedreiro confunde filhote de onça com gato em Goiás

"Depois de uma sucessão de reclamações que o condomínio vinha recebendo, nós procuramos os órgãos cabíveis dentro da prefeitura para que viessem ao condomínio, para nos auxiliar em intermediar esse conflito entre os moradores. O nosso objetivo é fazer com que essa convivência seja harmoniosa", afirmou o síndico do prédio, Felipe Ribeiro, ao Globo. Segundo ele, o condomínio acionou a Subsecretaria de Bem-estar Animal (Subem) sobre o conflito dos moradores com os gatos .

A morte dos animais começou a ser notada no final de janeiro e foi tomando maiores proporções. As circunstâncias da morte está sendo investigada. Perícias serão realizadas nos corpos dos gatos e o síndico foi intimado a depor na delegacia. Relatos de outras testemunhas também estão sendo analisados. 


    Veja Também

      Mostrar mais