Baile funk em Paraisópolis
Baile do 17 / Facebook / Arquivo
Jovens foram mortos após tumulto em baile funk de Paraisópolis

A Polícia Militar de São Paulo arquivou o inquérito que investigava a ação de policiais durante o baile funk na favela Paraisópolis, na capital paulista, que terminou com nove jovens mortos em dezembro passado. As informações são da Globonews .

A apuração estava sob a responsabilidade da Corregedoria da PM. Ao todo, 31 policiais envolvidos na operação foram investigados. Conforme a reportagem, a corporação concluiu que a conduta policial foi lícita e em legítima defesa. Os policiais foram afastados de suas funções após a tragédia.

Leia também: Paraisópolis: familiares de vítimas pedem revisão de protocolo da PM

O relatório segue agora para o Ministério Público.

Na Polícia Civil outro inquérito segue em apuração sobre o episódio. Laudo da polícia mostrou em dezembro que os corpos dos jovens mortos tinham marcas de pisoteamento.

    Veja Também

      Mostrar mais