Crime abc
Reprodução/Instagram
Ana Flávia Gonçalves e Carina Ramos

As duas suspeitas de terem participado da morte da família em São Bernardo do Campo deverão ser ouvidas novamente nesta segunda-feira (3). Elas estão presas desde a última quinta-feira (30) após a Polícia apontar a participação de Ana Flávia Gonçalves , 24 anos, na morte dos pais e do irmão, de 15, encontrados em um carro carbonizado na Estrada do Montanhão. Ela e sua namorada, Carina Ramos , de 26 anos, teriam participado do crime.

Leia também: Presidente do Equador diz que mulheres só reclamam de assédio de homens feios

Essa será a terceira vez que elas serão ouvidas. Na primeira versão, afirmaram que o pai de Ana Flávia, Romoyuki, devia R$ 200 mil a um agiota. Posteriormente, mudaram o relato, afirmando que a casa da família fora alvo de um assalto.

A Polícia agora tenta identificar outros três homens suspeitos de terem participado no crime . A linha de investigação seguida até o momento faz com que os policiais tenham confiança na identidade de um deles. Policiais esperam que o terceiro depoimento de Ana Flávia e Carina revele informações sobre os outros supostos responsáveis pelo crime.

Leia também: Homem de cueca é filmado pendurado em janela de prédio; assista

Imagens do condomínio onde a família morava mostra a entrada e saída constante de carros das 18h da noite anterior à morte das três vítimas até a 1 hora da madrugada. A Polícia também encontrou o imóvel totalmente revirado e com alguns pertences levados, como uma televisão e joias.

    Veja Também

      Mostrar mais