Avenida Paulista, principal rua de São Paulo, onde aconteceu arrastão arrow-options
Marcelo Camargo/ABr
Arrastão aconteceu quando Avenida Paulista estava fechada para carros

A Polícia Civil de São Paulo prendeu cinco pessoas após um arrastão na Avenida Paulista na tarde do último domingo (20). Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), que não soube precisar quantas pessoas estiveram envolvidas na ação criminosa, os ladrões furtaram sobretudo celulares e outros objetos pessoais. Não houve registro de feridos.

Leia também: São Paulo chega aos 466 anos com cerca de 12 milhões de habitantes

Nas redes sociais, frequentadores relataram que houve tumulto e "multidão correndo". A região tem sido visada para esse tipo de crime por concentrar muitas pessoas aos domingos, dias em que a avenida fica aberta exclusivamente para pedestres e ciclistas entre as 10h e 18h. A grande aglomeração acaba facilitando furtos, roubos e assaltos.

Leia também: Vereador arremessa ovos contra manifestantes em São Carlos; assista

A Polícia Militar (PM) realiza diariamente patrulhamento por meio de rádio e rondas com motocicletas, bicicletas e a pé. A SSP diz que, entre janeiro e novembro de 2019, a polícia prendeu 1.341 pessoas na região e que tem reforçado a importância do registro de boletim de ocorrência pelas vítimas.

    Veja Também

      Mostrar mais