Tamanho do texto

Vítima chegou a pedir socorro após agressor, que não aceitava o fim do relacionamento de cinco anos, invadir sua casa e passar a agredi-la

chimarrão arrow-options
Reprodução/ Pixabay
Homem agrediu mulher com bomba de chimarrão, que é uma espécie de canudo

Uma mulher de 34 anos foi morta pelo ex-namorado da mesma idade que invadiu sua casa na zona norte de Porto Alegre na manhã do último domingo (5). Ela foi atingida com dois golpes de bomba de chimarrão . Socorrida ao Hospital Cristo Redentor, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.

Leia também: Homem é preso por manter namorada grávida em cárcere privado e provocar aborto

O agressor não aceitava o fim do relacionamento de cinco anos e invadiu a casa da mulher às 7h da manhã. Segundo a polícia, os dois discutiram, o homem quebrou objetos e iniciaram as agressões físicas com socos, pontapés, chutes e garfada. A vítima chegou a pedir socorro, mas ele acabou a matando com duas estocadas de bomba de chimarrão no pescoço e no abdômen.

Leia também: Mesmo após expulsão, PM condenado por morte de juíza segue recebendo salário

Ao ouvirem os gritos, vizinhos acionaram a Brigada Militar (polícia local), que conseguiu prender o homem em flagrante. Ele possui antecedentes criminais e está preso.