Tamanho do texto

A policia prendeu pedreiro nesta quinta (8). O homem estava com a roupa suja de sangue e com uma faca circulando pelo bairro de Anápolis, em Goiás

homem morto por pedreiro arrow-options
Reprodução / TV Ananguera
Motorista de ônibus Agnaldo de Assis Fernandes Cardoso.

Um pedreiro foi preso nesta quarta-feira (8), em Anápolis, Goiás, suspeito de assassinar a facadas um motorista de ônibus que pisou em uma escada com cimento fresco . O homem estava com a roupa suja de sangue e com uma faca no momento em que a polícia o deteve.

Leia mais: Motorista roda 650 km com jiboia em motor de carro: "Quase tive um treco" 

O pedreiro fazia uma reforma em um sobrado onde o motorista de ônibus Agnaldo de Assis Fernandes Cardoso, de 49 anos, alugava o  segundo andar. Foi pedido a Agnaldo que ele não pisasse na escada com cimento fresco . Apesar do pedido, ele passou pelo local e os dois começaram a brigar na entrada da casa. 

O pedreiro foi para um bar localizado próximo ao imóvel e o motorista de ônibus também chegou no endereço, momentos depois. Com o encontro, os dois voltaram a discutir. 

Leia também: Homem usa bomba de chimarrão para agredir e matar ex-namorada em Porto Alegre

Ao G1, o capitão da Polícia Militar Janderson Lago disse que o esfaqueamento aconteceu no bar. "Nesse momento em que ele [Agnaldo] estava aguardando socorro, fomos informados desse crime e, de pronto, começamos a patrulhar a região e conseguimos abordar o autor ainda no bairro com a arma do crime e com vestígios de sangue em suas vestimentas”.

O pedreiro foi levado à delegacia e vai responder por homicídio. O corpo de Agnaldo será velado e sepultado em Rubiataba, em Goiás.