Cena do ocorrido
Leábem Monteiro/SVM
Cena do ocorrido

Um homem matou a esposa a tiros e depois a jogou de carro em movimento, nesta terça-feira (7), no viaduto do Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza . Após ato, ele tentou fugir, mas os pneus do veículo foram furados pela Polícia Militar. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará, o homem tentou cometer suicídio durante a perseguição, mas foi capturado pelos policiais.

Leia também: EUA defende ataque que matou general e garante: “Faremos o Irã se comportar"

Segundo o G1 , a vítima de feminicídio chegou a ser socorrida, mas teve morte cerebral. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) está investigando as motivações e circunstâncias do crime. O casal tinha dois filhos.

Um revólver calibre 38 foi apreendido. Segundo a Polícia Militar, o homem teria disparado três vezes na esposa , a jogado do carro e atirado mais uma vez, na cabeça dela. 

Você viu?

A PM identificou a placa do carro e conseguiu capturá-lo. Devido à tentativa de suicídio, o homem precisou ser encaminhado a um Pronto-Socorro da Prefeitura de Fortaleza para cuidar dos ferimentos.

Como denunciar casos de violência contra mulheres

A a realidade brasileira é marcada por diversas mortes por gênero. Em 2018, 1.173 mulheres foram mortas por feminicídio. Denunciar casos de violência contra mulheres é uma maneira de prevenir que isso ocorra. 

Leia também: Passageiro "desaparece" em corrida e mensagem desesperada de motorista viraliza

A denúncia pode ser realizada em qualquer delegacia ou em unidades específicas para mulheres. Outra opção é ligar para a Central de Atendimento à Mulher no número 180 , que está disponível 24h e em todo o país. As ligações também podem ser feitas para a Polícia Militar pelo 190 , em caso de flagrante.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários