Tamanho do texto

Jovens confessaram aos policiais que realizavam manutenções em aparelhos há cerca de três meses. Cada atendimento custava o valor de R$ 20 na clínica

adolescentes arrow-options
Divulgação / SSPDS/CE
Adolescentes de 15 anos realizavam aplicação de aparelho odontológico de forma clandestina.

Dois adolescentes de 15 anos foram presos nesta quinta-feira (19), suspeitos de fingirem ser dentistas em uma clínica odontológica clandestina localizada em Sobral, ao norte do Ceará.

Os jovens são irmãos gêmeos e confessaram aos policiais que realizavam manutenções em aparelhos odontológicos há cerca de três meses. Cada atendimento custava o valor de R$ 20.

Leia mais: Justiça suspende show gospel anunciado por Crivella por 'violação da laicidade'

A Secretaria de Segurança Pública disse que as investigações sobre a clínica e o laboratório falsos foram iniciadas após uma denúncia feita pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO).

Os jovens foram apreendidos pela polícia no endereço da clínica clandestina . Aparelhos odontológicos, cola de resina, quatro alicates, seis correntes e fios ortodônticos, além de cinco cortantes e 11 caixas de produtos para clareamento foram recolhidos no endereço.

Leia também: Casa do chefe de gabinete do deputado Douglas Garcia é alvo de buscas da PF

A polícia direcionou os menores para a Delegacia Regional de Sobral. Um ato infracional relacionado ao crime de exercício irregular de profissão foi emitido contra os adolescentes.