Tamanho do texto

Alexandre Ageu Barbosa Júnior, de 21 anos, mentiu para receber R$ 3 mil previsto no resgate. Após investigações, ele decidiu confessar o crime

Professor foi preso arrow-options
Divulgação / Polícia Civil
Professor foi preso por falsa comunicação de crime, no Rio de Janeiro

Agentes da 22ª DP (Penha) prenderam em flagrante, nesta quarta-feira (4), um professor de matemática que mentiu para a polícia de que seu celular havia sido roubado. Alexandre Ageu Barbosa Júnior, de 21 anos, inventou a história para receber o seguro do seu cartão de crédito .

Leia também: Português é preso por coordenar organização criminosa em São Paulo

De acordo com o delegado Fabrício Oliveira, titular da 22ª DP, Alexandre vai responder pelos crimes de estelionato tentado e comunicação falsa de crime. O professor fez o registro de ocorrência na distrital sobre o suposto roubo na tarde desta quarta.

"Após a investigação da Polícia Civil ter demonstrado fortes indícios de que o crime de roubo comunicado não havia ocorrido, Alexandre confessou que havia invetado toda aquela história para receber cerca de R$ 3 mil do seguro", conta o delegado.

Oliveira disse ainda que nos últimos meses a 22ª DP tem intensificado as investigações sobre falsas comunicações de crime . Desde então, dezenas de pessoas estão sendo presas pelo delito. Outras estão na mira da delegacia.

Leia também: Testemunhas oculares desmentem versão da polícia sobre mortes em Paraisópolis

"Além de causarem sérios prejuízos a seguradoras e a instituições financeiras, as falsas comunicações de crimes geram o desperdício de dinheiro público, uma vez que a Polícia Civil perde tempo e usa recursos importantes com investigações de crimes que não ocorreram", o delegado destaca.