Tamanho do texto

Adriano dos Santos foi conduzido à delegacia após busca e apreensão policial realizada em casa do chefe de gabinete da deputada Flordelis, no Rio

Flordelis arrow-options
Luciano Belford/Agencia O Dia
Um dos filhos da deputada Flordelis foi conduzido à delegacia após busca policial.

Um dos filhos da deputada federal Flordelis dos Santos de Souza, Adriano dos Santos , foi levado na manhã deste sábado para Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSGI) após tentar esconder o celular numa caixa de pizza, segundo as investigações. O aparelho foi apreendido.

Leia mais: Flordelis lamenta morte de cunhada e é criticada: "corja de víboras sem punição"

O fato aconteceu durante a busca e apreensão feita pelos policiais da especializada na casa do alvo da ação, o chefe de gabinete da parlamentar Luciano da Silva Gomes, em Camboinhas, região nobre da cidade. As ações fazem parte da investigação da morte do pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis. Ele foi assassinado em casa, em Pendotiba, Niterói, em junho deste ano. Foram apreendidos celulares, computadores e documentos.

Leia também: Cinco meses após morte de pastor, Flordelis lamenta: "achei que dor diminuiria"

Adriano é genro de Luciano e estava na casa do sogro quando os policiais chegaram. De acordo com informações, os agentes tiveram que ligar para o celular do filho de Flordelis para tentar achar o aparelho. Foi preciso fazer várias chamadas para rastrear o toque do telefone.

Os policiais estiveram ainda em outros endereços relacionados a Luciano, como o gabinete de Flordelis, no Centro do Rio, e na igreja Ministério Flordelis, no Mutondo, São Gonçalo, onde Luciano é pastor. 

Lucas dos Santos e Flávio dos Santos, filhos de FLordelis, já foram indiciados pela morte do pastor Anderson e estão presos.