Tamanho do texto

Equipes do 16º Batalhão pediram auxilio dos Policiais do Choque para realizar operação na Favela Sabim, onde o tráfico de drogas é muito forte

O Canil da PM realiza um trabalho único dentro da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Com o auxílio dos cães farejadores, as operações contra o tráfico de drogas são quase sempre perfeitas e com resultados complicados para os criminosos.

Leia também: ROTA bate forte no tráfico: refinaria de drogas fechada e 3 traficantes presos

Canil da PM apoiou operação da Força Tática em São Paulo
Divulgação/Canil PM
Canil da PM apoiou operação da Força Tática em São Paulo

Na última quinta-feira (24), o Canil da PM foi requisitado para dar apoio a uma operação da Força Tática do 16º Batalhão. "O pessoal da área solicitou nosso apoio, eles tinha conhecimento de grande movimentação do tráfico nesse local. Nós montamos nossas equipes e fomos", diz o Sargento Felipe.

De acordo com o Policial, assim que os PMs chegaram uma movimentação já começou a ser notada na comunidade. "A presença do Canil fez com que os traficantes tentassem tirar a droga da favela. O nosso trabalho nessa ocorrência foi mais de apoio ao Tático e de intimidaçao. Deu certo", afirma o Sargento.

Leia também: Mãe, PM e heroína, reage e mata ladrão salvando crianças e mães em escola

Não demorou muito tempo para a operação "Canil Tático" dar resultado. "Nós estávamos em uma das ruas da favela quando um carro com dois suspeitos tentou dar ao avistar as equipes. Eles foram abordados pelas equipes da Força Tática que acabaram encontrando drogas escondidas no veículo. Os traficantes foram presos", revela o Sargento Felipe.

Os PMs ainda prenderam mais dois homens que tentavam deixar a favela com uma mochila cheia de entorpecentes. Toda a droga apreendida pelos Policiais e os quatro criminosos foram encaminhados para o Distrito Policial e ficam a disposição da Justiça.

Quais são as raças de cães que a PM usa?

Drogas apreendidas pelos Cães Dilan e Draika durante operação do Canil da PM
Divulgação/Canil PM
Drogas apreendidas pelos Cães Dilan e Draika durante operação do Canil da PM

São seis raças: Pastor Alemão, Pastor Holandês, Pastor Belga Malinois, Rottweiler, Bloodhound e Labrador. As missões de cada raça são divididas de acordo com suas habilidades específicas, como: faro, resistência, inteligência, agressividade, etc...

Leia também: COE surpreende o tráfico de drogas e deixa criminosos assustados em São Paulo

Um Labrador, por exemplo, não é indicado para fazer policiamento ostensivo, porque geralmente não possui a agressividade necessária. Normalmente, o Labrador é usado para farejar entorpecentes e explosivos. Já o Pastor Belga Malinois é utilizado pelo  Canil da PM  para policiamento e também faro. O Bloodhound tem aptidão para busca de pessoas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.