Tamanho do texto

Eric Gilbert Welterlin, morador da cidade mineira de Itajubá, havia saído para treinar corrida de montanha em 16 de abril de 2018 e não voltou mais

O COE (Comandos e Operações Especiais) é chamado para ajudar a solucionar os casos mais complicados. Isso vale para as missões nas cidades (combate ao crime) e também em territórios de mata fechada (resgate de vítimas).

Leia também: "Ficaram emocionados ao ver o COE", diz PM após salvar jovens perdidos em mata

PMs do COE participaram das buscas pelo francês no Pico dos Marins
Divulgação/COE
PMs do COE participaram das buscas pelo francês no Pico dos Marins

Nos últimos dias, o COE participou de um caso que ganhou repercussão nacional. Os Policiais Militares do Comandos e Operações Especiais participaram por três semanas seguidas da procura pelo montanhista francês Eric Gilbert Welterlin pelo município de Piquete, divisa dos Estados de SP e MG, mais especificamente na região do Pico dos Marins, Serra da Mantiqueira.

Morador da cidade de Itajubá, Eric saiu para treinar corrida de montanha em 16 de abril de 2018 (segunda-feira) e disse que voltaria no mesmo dia, segundo relato da esposa, porém isso não aconteceu.

Leia também: Canil da PM apreende drogas e armas durante operação no interior de São Paulo

Os PMs do grupo de elite foram acionados no dia 18 de abril e no mesmo dia começaram os trabalhos de busca. Para facilitar o trabalho, um posto de comando foi montado na base do Pico dos Marins, no mesmo local onde foi encontrado o carro da vítima.

Com 16 homens empenhados diretamente na missão, em trabalho conjunto com outras forças presentes nas buscas, os Policiais do COE não interromperam a ação em nenhum momento. De acordo com os PMs, os oficiais chegaram a dormir no local para agilizar o processo de resgate.

Policiais do COE entraram em áreas que nunca haviam sido desbravadas
COE / Divulgação
Policiais do COE entraram em áreas que nunca haviam sido desbravadas


As buscas também foram guiadas através de informações obtidas com a esposa da vítima desaparecida, além de outras evidências coletadas, como a localização do veículo estacionado no local e dados de outros treinamentos que o civil Eric Welterlin havia realizado anteriormente naquela montanha, conseguida através dos registros de seu equipamento GPS.

Helicóptero da Polícia precisou ser acionado para auxiliar no resgate do corpo do montanhista
Divulgação
Helicóptero da Polícia precisou ser acionado para auxiliar no resgate do corpo do montanhista

Durante 15 dias, as buscas se direcionaram para os locais de maior probabilidade de localização, entre a Base Marins, Morro do Careca, Picos dos Marins e Marinzinho, onde se pratica normalmente os esportes de trekking. Como as equipes não encontravam a vítimas, os PMs passaram a realizar varreduras em fendas mais profundas existentes na montanha, e a verificar locais mais inóspitos e com pouca, ou nenhuma, interferência humana, onde a probabilidade de localização era muito baixa, tentando esgotar todas as possibilidades.

Neste sábado (5), o corpo de Eric Welterlin foi encontrado por um fazendeiro que sentiu um forte odor vindo de uma área de mata fechada aos fundos de sua propriedade. O COE havia programado ampliar o perímetro de buscas e provavelmente encontraria a vítima, porém não foi necessário.

Leia também: ROTA mostra competência no combate ao crime e salva vítimas de dois sequestros

Assim que o posto de comando do COE foi acionado, os PMs seguiram com o Corpo de Bombeiros para o local de mata fechada.  Para facilitar a ação, as equipes solicitaram a presença de uma aeronave já que o acesso mais próximo de veículo era quase a 2 quilômetros de distância de onde o corpo foi achado.

Além do COE , também participaram das buscas o Corpo de Bombeiros Paulista e Mineiro, Grupamento Aéreo, Guarda Civil, Voluntários civis e Polícia Civil.

Corpo do francês foi encontrado na mata por um fazendeiro que acionou o COE
Divulgação/COE
Corpo do francês foi encontrado na mata por um fazendeiro que acionou o COE


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.