Luoxiaomaomaoz, influencer que teria se suicidado
Reprodução
Luoxiaomaomaoz, influencer que teria se suicidado

Um agente funerário na China roubou as cinzas de uma influencer chinesa que morreu em uma transmissão ao vivo na plataforma Douyin, similar ao TikTok. Ele agiu com a intenção de vender os restos mortais para outros homens que poderiam desejavar realizar "casamentos fantasmas" com a influencer.

De acordo com o site "Vice", Luoxiaomaomaozi foi convencida por seguidores a se matar. Reportagens da mídia chinesa confirmaram que a mulher morreu em 15 de outubro, depois que os serviços médicos de emergência tentaram e não conseguiram reanimá-la.

Em seu último vídeo, postado um dia antes, ela falou sobre sua depressão e sugeriu que aquele poderia ser "o seu último vídeo".

Luoxiaomaomaozi tinha mais de 678 mil seguidores na Douyin.

Depois que ela foi cremada, o agente funerário roubou as cinzas da influencer e conspirou com outros dois homens para vendê-las a compradores que queriam realizar os "casamentos além morte".

Leia Também

O "casamento fantasma" é uma tradição em algumas regiões da China onde as pessoas tentam se casar com os mortos porque acreditam que mesmo as almas que já partiram precisam se casar para manter a prosperidade dos seus filhos, de acordo com o "Malay Mail".

A tradição tem 3.000 anos e geralmente é feita por pais que querem que seus filhos mortos encontrem parceiros. A prática foi proibida na China por décadas, mas voltou recentemente, com um novo mercado de vendedores "casamenteiros fantasmas" surgindo on-line.

Os planos dos três homens foram frustrados quando eles não encontraram compradores para as cinzas e acabaram presos pela polícia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários