homem montado na
Amanda Perobelli/Reuters
Os criadores da vassoura foram vistos passeando pelas ruas de São Paulo com o meio de transporte

Cansados do trânsito da capital paulista, dois moradores de São Paulo inventaram uma nova maneira curiosa de driblar o congestionamento . Vinícius Sanctus e Alessandro Russo chamaram a atenção ao atravessar as principais vias da cidade montados em ' vassouras '. As informações são da Folha de S. Paulo .

As vassouras são encaixadas em cima de um monociclo e, em movimento, se torna semelhante às usadas por bruxas e magos na saga de Harry Potter . Para conduzi-la, a dupla disse que basta se inclinar na direção na qual deseja seguir. Embora seja preciso um pouco de prática, a invenção chega a 60 quilômetros por hora e pode ser muito útil no cotidiano urbano. 

"Na verdade, digo aos meus amigos que agora só vou na padaria usando minha vassoura. Mas não é piada. Eu faço isso mesmo", disse Russo. "Uso minha vassoura como meio de transporte hoje em dia. E é muito divertido".

homem conduzindo a vassoura pela Av. Paulista
Amanda Perobelli/Reuters
Atraindo olhares por onde passam, os criadores chamam a atenção com o meio de transporte inusitado


Planos para venda

Por enquanto, os criadores disseram que as vassouras são limitadas ao uso pessoal, mas eles têm planos de divulgar e vender a criação, que custa cerca de 4 mil reais. Os planos de Russo e Sanctus é vender as vassouras para que as pessoas consigam disputar um jogo parecido com o da saga de Harry Potter, o Quadribol . "Nosso objetivo final é vender as vassouras para o mundo e talvez criar uma nova variação do Quadribol", disse Russo. "E parecerá muito com aquela usada nos filmes de Harry Potter".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários