Homem afirma ter sido traído por fantasma durante a quarentena
Reprodução
Homem afirma ter sido traído por fantasma durante a quarentena

Gary de Noia afirma que namora "um fantasma do sexo feminino" há dois anos. Morador de New Jersey, o estadunidense de 36 anos diz que sua vida sexual é maravilhosa, mas que foi traído durante a quarentena, segundo reportagem do Daily Star.

Diz Gary que começou a desconfiar de  que Lisa, o fantasma, o estivesse traindo. Um dia, então, tomou coragem e decidiu ter uma DR com a amada.

A suspeita se confirmou. Mas, para surpresa de Gary, Lisa estava trazendo para casa outros espíritos, com os quais passou a viver relações extraconjugais no quarto que dividia com o namorado.

"Ela riu. Disse que eu estava paranoico e que ela estava saindo com amigos espirtuais e não humanos", comentou Gary.

A falecida disse que estava entediada com a vida sexual e resolveu apimentá-la. Em vez de pôr um ponto final ao relacionamento, Gary se juntou a Lisa e os outros espíritos e agora realiza orgias em casa. Os parceiros e as posições são decididos com a tradicional brincadeira de girar a garrafa.

    Veja Também

      Mostrar mais