leopardo
Pixabay/Creative Commons
Caçadores cortaram a cabeça do leopardo


No Sri Lanka, três pessoas foram presas nesta sexta-feira (25) acusadas de criarem armadilhas e matarem um  leopardo para vender a sua carne como promessa de curar a asma. Os leopardos estão em extinção e a caça dessa espécie é punida com cinco anos de prisão no país.


Segundo a polícia local, existe uma crença popular de que a carne do animal tem propriedades que curam a asma . Os criminosos chegaram a matar um animal cortando a sua cabeça. O corpo foi levado para vender a sua carne e a pele. 

A quadrilha foi presa pela polícia de Udubumbara, foram apreendidos 17 kg de carne de leopardo com os três suspeitos. 

    Veja Também

      Mostrar mais