Recentemente, em entrevista à BBC , uma mulher admitiu que fez sexo com golfinhos como parte de um estudo realizado pela NASA . Segundo Margaret Howe Lovatt , a intenção do projeto era entender a espécie e ensiná-la o idioma (inglês).

Leia também: Leopardo é capturado depois de invadir casa na Índia; assista

Margaret%2C mulher que fez sexo com golfinhos a pedido da NASA
Reprodução
Margaret, mulher que fez sexo com golfinhos a pedido da NASA

Durante o papo, a Margaret alegou que amava os animais desde pequena, uma de suas primeiras lembranças, inclusive, foi receber um livro sobre um gato falante de sua mãe quando era apenas uma criança.

Leia também: Homem é morto por tigre após invadir parque na Tailândia

O interesse logo infantil se tornou um fascínio para saber como os animais se comunicam, o que a levou a ser uma parte essencial de um experimento da  NASA na década de 1960.

Financiado pela agência norte-americana, o esquema tinha como foco saber se os golfinhos poderiam ou não ser treinados para entender e falar inglês.

No experimento, Margaret conviveu com três golfinhos: Peter, Pamela e Sissy. Ao falar sobre o assunto, ela não pestaneja. "Sissy era a maior. Pamela era muito tímida e com medo. E Peter era um rapaz. Ele era sexualmente maduro e era um pouco malicioso às vezes".

Leia também: Gêmeos nascidos na Índia são batizados de Corona e Covid

Quando conheceu e fez sexo com o trio de golfinhos , eles estavam alojados em uma piscina marítima abaixo do laboratório da NASA , onde podiam ser observados diariamente. Assista a entrevista na íntegra.


    Leia tudo sobre:

    Veja Também

      Mostrar mais