Tamanho do texto

Fotógrafo dinamarquês, Andreas Hvid, é investigado pela procuradoria-geral do Egito, após escalar pirâmide e realizar ato sexual no topo do monumento

Sexo em pirâmide choca autoridades no Egito; país abriu investigação contra fotógrafo que aparece na imagem
Divulgação
Sexo em pirâmide choca autoridades no Egito; país abriu investigação contra fotógrafo que aparece na imagem

Enquanto alguns prezam pela privacidade e intimidade durante o ato sexual, o fotógrafo dinamarquês Andreas Hvid procura pelas formas mais inusitadas de fazer sexo com alguém. E dessa vez, ele teve sucesso. No último final de semana, uma foto postada por Hvid provocou fúria no Egito ao mostrar o fotógrafo fazendo sexo com uma mulher em cima de – nada mais, nada menos – do que uma pirâmide do país.

Leia também: Jovens fazem sexo no cemitério e assustam idosa que visitava túmulo do marido

O topo da mais antiga entre as Sete Maravilhas do Mundo, a Grande Pirâmide de Quéops, no Cairo, foi o lugar escolhido por Hvid para realizar o ato, no final de novembro. Porém, o ato não agradou ao Ministério das Antiguidades egípcio, que classificou a ação como “violação da moralidade pública”.

Além das fotos publicadas, a procuradoria-geral do país também está investigando a autenticidade de um vídeo que teria sido postado no YouTube, sem censura, e que também registrava a cena de sexo. O vídeo foi retirado do ar momentos depois de ser publicado.

O vídeo também mostrava o fotógrafo e uma amiga, identificada como Sarah, escalando as pirâmides – atividade considerada como crime no Egito , assim como a realização de atos obscenos em público.  

Khaled al Anani, ministro egípcio de Antiguidades, anunciou, por meio de um comunicado, no sábado (8), que pediu para que “sejam tomadas as medidas necessárias” sobre o vídeo e a fotografia que “atenta contra a moral”.

Leia também: Homem seminu é preso após invadir pista de aeroporto e pular em asa de avião

O fotógrafo é conhecido por tirar fotos no topo de locais famosos e diz, em seu site, que está sempre “em busca de lugares bonitos onde você não pode estar”.

 Sexo não é só na pirâmide

Casos como a do sexo na pirâmide não são raros, em junho, uma dupla foi filmada fazendo sexo em parque na  Inglaterra
Reprodução/Mirror
Casos como a do sexo na pirâmide não são raros, em junho, uma dupla foi filmada fazendo sexo em parque na Inglaterra

Esse não foi o único caso investigado pela polícia de casais fazendo sexo em público, neste ano. Em junho, um homem e uma mulher foram flagrados, sob o efeito de drogas, tendo relações sexuais em um jardim em Manchester .

O ato foi filmado por uma testemunha que estava no local, após os visitantes do parque ficarem indignados com a cena que foi realizada pelo casal em público, inclusive na frente de crianças. De acordo com uma das testemunhas, foi solicitado que o casal parasse, no entanto, ambos ignoraram o pedido.

“Foi muito, muito estranho. Parecia que eles estavam dentro de um quarto e ninguém poderia vê-los, estavam completamente fora de si. Eles provavelmente estavam sob o efeito de spice [uma droga sintética] e simplesmente não se importavam”.

As autoridades foram chamadas, mas não chegaram a tempo de flagrar o casal. Porém, assim como o caso da pirâmide , uma investigação foi aberta para apurar o acontecido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.