Tamanho do texto

Adolescente Jhryin Jones, de 19 anos, está sendo acusado de indecência pública, obstrução da justiça e invasão criminosa por seus atos no aeroporto

O homem seminu foi impedido pelos passageiros e pelas autoridades do aeroporto, sendo detido pelas autoridades locais
Reprodução/Mirror
O homem seminu foi impedido pelos passageiros e pelas autoridades do aeroporto, sendo detido pelas autoridades locais

O adolescente Jhryin Jones, de 19 anos, causou uma grande confusão no aeroporto internacional Hartsfiel-Jackson, em Atlanta, nos Estados Unidos, e acabou preso. Isso tudo porque o homem seminu escalou uma cerca, invadiu a pista de pousos e decolagens e pulou na asa de um dos aviões da companhia aérea Delta que estavam parados ali.

Leia também: Casal sob efeito de drogas faz sexo em público e enfurece visitantes de jardim

Segundo informações do portal britânico Mirror , o jovem estava usando apenas uma cueca enquanto levava as outras peças de roupas nas mãos. O homem seminu foi visto pelos passageiros do avião, que mantiveram a porta de emergência fechada para evitar uma invasão e acionaram as autoridades locais, preocupados com a segurança do aeroporto.

Para tentar compreender a situação para lá de estranha, alguns sugeriram que ele era um passageiro daquele voo, que deixou a aeronave e tentava entrar novamente. Contudo, o piloto garantiu que essa não era a situação em questão.

“Ele chegou até a aeronave , pulou na asa e começou a socar a janela”, disse Stephanie Brown, porta-voz do Departamento de Polícia de Atlanta. “Cinco minutos depois, foi detido sem causar nenhum acidente”.

Alguns dos passageiros do voo, que tinha acabado de pousar de uma viagem desde Miami, chegaram a falar sobre o caso nas redes sociais, o que fez com que a bizarra situação viralizasse na internet.

Leia também: Mistério de 'fantasma espião' em hotel que viralizou na internet é desvendado

Consequências legais para o homem semi-nu no aeroporto

A administração do aeroporto ainda não sabe como ele conseguiu acessar a pista, e por mais que suas ações não tenham afetados as operações, ele foi preso em flagrante e continua detido.

Leia também: Homem fatura R$ 7 milhões ao ganhar na loteria três vezes em menos de um mês

O homem seminu foi acusado de invasão criminal, indecência pública e obstrução da justiça, e agora, aguarda o julgamento para saber se será condenado e qual será a sua pena. O aeroporto continua a investigar o caso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.