Responsável pela 'generosa' doação foi rastreado pela Sociedade Americana Contra o Câncer, que comanda a loja, e todo o dinheiro pode ser devolvido

Os funcionários do brechó logo tentaram entrar em contato com o responsável pela doação da coleção de bonecas
Reprodução/American Cancer Society
Os funcionários do brechó logo tentaram entrar em contato com o responsável pela doação da coleção de bonecas


Os funcionários do brechó da Sociedade Americana Contra o Câncer estão acostumados a receber doações. Todos os dias, pessoas entram no local para deixar roupas, brinquedos e diversos outros artigos, cujos valores das vendas são revertidos para a instituição. A rotina do dia a dia, porém, às vezes é interrompida por situações extraordinárias, como, por exemplo, um homem que ‘decidiu doar’ muito mais do que objetos usados e, junto de uma boneca, ‘deu’ R$ 136 mil para a loja.

Leia também: Casal faz sexo em poltrona de avião e deixa passageiros incomodados; assista

De acordo com o portal de notícias UPI , o caso aconteceu em Santa Mônica, na Califórnia, quando Ray Rhinehart doou toda a coleção de bonecas de sua mãe, que morreu recentemente, para o brechó . Contudo, no momento da doação, ele não fazia ideia de que fazia 36 mil dólares dentro de uma das caixas.

A equipe da loja ficou muito chocada e confusa com toda a situação, afinal, as doações em dinheiro são feitas em outro departamento da instituição, então aquele caso só poderia ser um grande engano. Os funcionários trabalharam para rastrear o dono do alto valor e conseguiram encontrá-lo, recebendo uma resposta tão surpresa quanto a deles ao descobrir as notas de dólares.

Leia também: Homem ganha quatro vezes na loteria em menos de dois meses e fatura R$ 15 mil

Rhinehart também não sabia que o dinheiro estava ‘escondido’ em uma das caixas da coleção de bonecas de porcelana, e logo voltou para a loja para receber todo o valor de volta.

Mais dinheiro ‘perdido’ em brechós

Por mais curioso que possa ser, essa não foi a primeira vez que uma loja de revenda precisou lidar com enganos de valores estratosféricos. A Jewish Family Service de uma cidade do Texas, por exemplo, também ficou perplexa no ano passado, quando encontrou 17,5 mil dólares (aproximadamente R$66 mil) nos bolsos de um casaco.

Leia também: Entrando pelo cano? Mulher fica com cabeça presa em escapamento de carro nos EUA

O brechó conseguiu localizar a doadora, uma viúva de 78 anos que não fazia ideia que o marido, que tinha morrido há pouco tempo, guardara quatro envelopes com dinheiro dentro da peça de roupa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.