Tamanho do texto

Ambientalista Rob Hellawell explica que os sistemas de encanamento de residências e restaurantes despejam resíduos de tempero no rio Bradford

Coloração amarelada do rio Bradford Beck se deu pelo excesso de curry que os residentes usam em suas refeições
Reprodução/Twitter
Coloração amarelada do rio Bradford Beck se deu pelo excesso de curry que os residentes usam em suas refeições

Há anos, um rio em Bradford, na Inglaterra, tem intrigando moradores e pesquisadores por causa de sua cor excêntrica. Entretanto, parece que esse mistério foi resolvido graças às investigações e análises das águas do riacho. De acordo com as informações reveladas pelo jornal Metro nesta quarta-feira (18), a coloração amarelada do Bradford Beck se deu pelo excesso de curry que os residentes usam em suas refeições.

Leia também: Homem fica pelado por dias em protesto contra vizinhos e invasão de privacidade

Segundo o ambientalista Rob Hellawell, os sistemas de encanamento de residências e restaurantes despejam os resíduos de tempero no rio Bradford Beck, e em outros pontos subterrâneos. 

Hellawell – que criou o grupo "Amigos do Bradford Beck", que tem como intuito solucionar problemas de poluição na região – afirma que muitos restaurantes não estão ligados a sistemas de esgoto, e por isso, quando os pratos são limpos, todos os resíduos levados ao Bradford Beck se expandem para o rio Aire.

Leia também: Policiais são demitidos após alegarem que ratos comeram meia tonelada de maconha

Capital do curry

A cor e o cheiro excêntrico das águas do riacho, deram à cidade de Bradford o título de “a capital do curry” na Grã-Bretanha, além de transformá-la em um ponto turístico gastronômico.

Porém, os 'benefícios' trazidos pela visita dos turistas, não conseguiram diminuir os problemas ambientais e a dificuldade que a cidade tem em limpar as suas águas.

Rob explica que, no ano passado, deu início às investigações para saber de onde vinha o curry. Ele ressalta que a descoberta evidenciou a inocência dos donos e funcionários de restaurantes e habitantes da cidade, uma vez que estavam somente realizando a tarefa sem saber onde a água suja ia parar.

Leia também: Homem passa mal e vai parar no hospital após comer pimenta mais ardida do mundo

“Assim que descobrimos a fonte do tempero, montamos um planejamento e passamos a frequentar os estabelecimentos comerciais e as residências para conscientizar a todos. Isso é realmente um problema sério em Bradford, vem desde a Revolução Industrial", disse.

"Atualmente, há muitas novas extensões construídas onde as máquinas de lavar são canalizadas, mas não tem sistema de esgoto, sendo conectadas por um dreno. Creio que esse seja um momento para refletir que por mais que a cidade tenha criado uma reputação voltada ao turismo, o que está acontecendo com o rio não é de se orgulhar”, conclui.