Tamanho do texto

Se você já ultrapassou o limite de velocidade de alguma rua, vai pensar duas vezes antes de repetir o feito depois do que aconteceu nos Estados Unidos

Em um impressionante acidente, um carro
Reprodução/Orange County Fire Authority
Em um impressionante acidente, um carro "voou" e foi parar no segundo andar de uma casa na Califórnia


Um carro em alta velocidade “voou” e foi parar no primeiro andar de um prédio em Santa Ana, na Califórnia, Estados Unidos. De acordo com o Daily Mail , o acidente aconteceu no último domingo (14) e provocou um pequeno incêndio. Os dois ocupantes do veículo não apresentaram ferimentos graves.

Leia também: Fantasma de homem que morreu enforcado é filmado em prisão britânica; assista

“O veículo atingiu o canteiro central [da via], 'voou' e 'aterrissou' no prédio”, explicaram os bombeiros do condado de Orange, pelo Twitter. Um dos ocupantes conseguiu sair do carro sozinho, enquanto o segundo precisou ser retirado pelos bombeiros locais, o que só aconteceu mais de uma hora depois do acidente.

O incêndio foi controlado rapidamente, e os ocupantes do automóvel, encaminhados para o hospital mais próximo. Ainda não se sabe se foram prestadas queixas, tampouco se o veículo em questão já foi retirado do primeiro andar do prédio comercial.

Desrespeito aos limites de velocidade

Em outro caso em que o motorista desrespeitou os limites de velocidade, um casal foi flagrado fazendo sexo dentro de um veículo  a cerca de 110 km/h em dezembro.

Os passageiros de um carro ficaram muito chocados ao perceber que, no veículo ao lado, um casal fazia sexo
Reprodução/Facebook Notinor Jujuy
Os passageiros de um carro ficaram muito chocados ao perceber que, no veículo ao lado, um casal fazia sexo


De acordo com o jornal  Diario Popular , o caso aconteceu na região de Yala, na província argentina de Jujuy, no noroeste do país. O ato foi flagrado por leitores do Notinor Jujuy, que logo enviaram o vídeo para a redação do jornal. Nas imagens, o casal aparece fazendo sexo no banco do motorista de um automóvel prata que, em movimento, chega a ultrapassar os 100 km/h. 

A filmagem foi gravada com um telefone celular pelo "vizinho" do carro, que ficou muito preocupado com a segurança do casal e dos outros viajantes da rodovia. O homem  flagrado em meio à relação sexual, entretanto, não gostou de ser filmado e mostrou o dedo do meio a quem gravava as imagens.

Leia também: Bêbado, russo é preso por furtar tanque de guerra para roubar garrafa de vinho

Na Argentina, o caso não resultou em um acidente , como aconteceu com o carro em alta velocidade nos Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.