Tamanho do texto

Por incrível que pareça, a britânica conseguiu o dinheiro de volta da loja; mulher que flagrou o momento publicou mensagem indignada: 'sem noção'

Mulher que pediu reembolso por árvore de Natal no Reino Unido não foi identificada; consumidora desabafou sobre o caso
Reprodução/Facebook
Mulher que pediu reembolso por árvore de Natal no Reino Unido não foi identificada; consumidora desabafou sobre o caso

Todo mundo sabe que o Natal é comemorado em diversos lugares do mundo, cada um com suas características singulares. Em países como os Estados Unidos e o Reino Unido, por exemplo, é costume das famílias enfeitarem suas casas com árvores de verdade, ao contrário do que acontece no Brasil, já que a maioria das pessoas aqui utiliza pinheiros de plástico. Bem, o período natalino já passou, as árvores já foram desmontadas... Mas, uma britânica ainda se 'sente presa' às celebrações de fim de ano, já que foi até a loja pedir reembolso, pois "seu pinheiro havia morrido".

Leia também: Leopardo devora duas crianças em menos de 12 horas e aterroriza vilarejo indiano

No dia 4 de janeiro deste ano, ela foi até a Costco, loja em que comprou sua árvore de Natal. Após explicar a situação e mostrar a árvore grande e morta para os atendentes, a britânica conseguiu o estimado reembolso . Uma consumidora, que aguardava na fila do caixa, acompanhou toda a cena inusitada e usou sua conta pessoal no Facebook para desabafar sobre o que acabara de presenciar.

"Acabei de ver com os meus próprios olhos uma mulher pedindo seu dinheiro de volta na Costco porque 'sua árvore de Natal morreu'. Estamos em janeiro, e ela nem se incomodou quando tirei uma foto e questionei-a sobre o que estava fazendo. Jamais faria algo desse tipo”, criticou.

Leia também: Suspeito se desespera após prender a cabeça em cela de delegacia chinesa; veja

Devolução de dinheiro e indignação

No relato, a compradora diz ter esperado 30 minutos na fila, para que, então, pudesse pagar suas compras. Ela ainda afirmou não saber das condições financeiras da cliente reclamante, mas que depois de ela ter feito algo 'tão sem noção’, lhe pareceu se tratar de uma pessoa “com pouca consciência e sem valores morais”.

Leia também: Ladrão quer processar mercado por ter machucado os testículos durante assalto

"Estou com o coração partido de pensar que talvez ela esteja precisando tanto do dinheiro a ponto de pedir um reembolso por conta de uma árvore de Natal. Quando lhe perguntei sobre a situação, ela me pareceu pouco envergonhada. Eu realmente queria não ter ficado tão ofendida.  Isso me deixou chateada”, complementou no post. Ambas as mulheres tiveram as identidades preservadas, de acordo com o jornal Metro .

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.