Tamanho do texto

Ed Taoka, o pai da pequena "encantadora de cobras", gravou os momentos de amizade entre a filha e o réptil, e está fazendo muito sucesso na internet

A cobra, batizada de Cher, é uma píton de quase quatro metros de comprimento
Reprodução/Facebook Ed Taoka
A cobra, batizada de Cher, é uma píton de quase quatro metros de comprimento

As redes sociais são fontes inesgotáveis de descobertas inesperadas e, para além de dicas para mudar as cores do cabelo, encontramos demonstrações de afeto das mais singulares. Como é o caso da pequena Emi, uma garotinha de apenas quatro anos, que fez de Cher, uma cobra da família, a sua melhor amiga.

Leia também: “Não façam em casa, crianças”! Mulher tira cobra de estrada com as próprias mãos

Na última quinta-feira (6), Ed Taoka, pai de Emi, publicou um vídeo que pode ser considerado tanto encantador quanto chocante. Na filmagem, vemos a menina enrolada na cobra enquanto, atenta, acompanha um programa na televisão. O vídeo fez sucesso nas redes sociais e já foi compartilhado quase 90 mil vezes no Facebook. Confira as imagens:



Segundo o canal no Youtube de Taoka, Cher é uma píton de quase quatro metros de comprimento, e por mais que seu tamanho possa assustar, o pai fez questão de ressaltar que sua filha está segura: "Esses são, de acordo com a definição do dicionário, répteis adestrados , criados em cativeiro e domesticados. É mais perigoso deixar uma criança com outros animais, como cachorros e cavalos, do que com répteis que não são venenosos", explicou em uma publicação no seu Facebook. 

A família mora em Londres e, além de Cher, também tem mais uma píton, alguns cabritos e, não tão incomum assim, gatos. 

Pequenos imprevistos 

Assim como a inglesa Emi, muitas pessoas também têm tais animais rastejadores como bichinhos de estimação. E, às vezes, fatos inusitados acontecem com quem não escolheu cachorros ou gatos como sua companhia.

Foi o caso de uma mulher que foi parar no pronto-socorro porque seu réptil de estimação ficou preso em sua orelha . Parece ficção? Mas, é verdade. A Píton-real de Ashley Glawe ficou pendurada como uma grande brinco até que os médicos pudesse retirar o animal . O caso fascinante aconteceu em Portland, nos Estados Unidos.

Mulher americana ficou com sua cobra de estimação presa na orelha
Reprodução/Facebook/Ashley Glawe
Mulher americana ficou com sua cobra de estimação presa na orelha

“Tudo aconteceu tão rápido que, antes que eu soubesse o que estava acontecendo, já era tarde demais”, disse a mulher. Felizmente, os médicos também foram rápidos ao surgir com uma solução: anestesiaram a orelha da jovem e passaram um fio pelo buraco, para puxar e alargar ainda mais. Bart, a cobra, saiu intacto.

Leia também: Cobra passa mal e vomita duas galinhas inteiras na China; veja imagens chocantes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas