Tamanho do texto

Evgeny Chernov e Yana Kryuchkova, ambos de 22 anos, estavam no banco de trás de seu carro quando o veículo caiu dentro do lago; os dois não resistiram

O veículo caiu dentro de lado e o jovem casal, de 22 anos, fazia sexo quando se afogou
Vkontakte/East2west News
O veículo caiu dentro de lado e o jovem casal, de 22 anos, fazia sexo quando se afogou



Um jovem casal morreu afogado, na Rússia, quando o carro em que faziam sexo caiu dentro de um lago na região de Volgogrado, no cáucaso russo.

Leia também: Na Rússia, homem é preso por falar sobre a filosofia e prática da ioga em evento

Evgeny Chernov e Yana Kryuchkova deixaram seu veículo parado, em ponto morto, nas margens de um lago. Porém, enquanto faziam  sexo  no banco de trás, o carro escorregou para dentro da água e acabou vitimando os dois.

Ao perceberem que os jovens, ambos de 22 anos, estavam demorando demais para voltar para suas casas, as famílias de Chernov e Kryuchkova resolveram contatar as autoridades. Foi então que, fazendo buscas pela área, os policiais encontraram o veículo do casal – um Niva, modelo fabricado na Rússia – , dentro do lago.

Leia também: Vaticano investiga grupo exorcista após "diálogo com o Satã" sobre morte do Papa

"O automóvel estava boiando e os corpos dos jovens foram encontrados no banco traseiro", declarou Andrey Fedotov, oficial do Comitê Investigativo da Rússia, segundo o portal  The Mirror .

O site britânico ainda explicou que, de acordo com um repórter do jornal local Bloknot Volgograd , os movimentos performados pelo casal foram responsáveis por deslocar o carro até que se deparasse com o lago

Lamentando a dramática situação, um amigo do casal publicou nas redes sociais: "Nós vamos nos lembrar de vocês! Tão novos... Descansem em paz, os dois estarão para sempre dentro de nossos corações".

Mortes trágicas

Em novembro do ano passado, um casal, também na Rússia , morreu intoxicado por monóxido de carbono enquanto namoravam dentro do carro.

Os corpos de Artem S., de 18 anos, e Anna D., de 20, foram encontrados dentro de um veículo, na cidade de Ufa, depois que suas famílias mobilizaram buscas pela região de Bashkortostanl, no centro do país.

Segundo o portal  Daily Mail,   a polícia acredita que os dois deixaram o carro ligado para se manterem aquecidos, e assim, inalaram a substância tóxica até a morte.

Leia também: Estrada 'mal-assombrada' coleciona lendas e assusta motoristas na Austrália

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.