Tamanho do texto

Depois de inúmeras tentativas frustradas, o americano Sean Corbett finalmente conseguiu usar a foto que queria em sua permissão para dirigir

O dono da carteira de motorista é um seguidor da religião do Monstro Espaguete Voador
ABC/Reprodução
O dono da carteira de motorista é um seguidor da religião do Monstro Espaguete Voador



Um motorista americano conquistou a atenção da mídia ao usar um escorredor de macarrão em sua foto da carteira de motorista. Sean Corbett, de 36 anos, mora na cidade de Chandler, Arizona, nos Estados Unidos, e é seguidor da religião da Igreja do Monstro Espaguete Voador. 

Leia também: Homem quer virar um alienígena e procura cirurgião para retirar sua genitália

Primeiro morador do estado do Arizona a conquistar o feito, o americano tentava, desde 2014, usar a foto, na qual ele veste um escorredor de macarrão na cabeça como um chapéu, em sua carteira de motorista . Porém, esta foi a primeira vez que sua tentativa deu certo. 

"Todo o processo é intimidador, principalmente quando as pessoas gritam com você e te desprezam porque, segundo eles, você está zombando do sistema deles", Corbett contou à ABC 15.

Entretanto, a felicidade do motorista pode durar pouco tempo. Isso porque o Departamento de Transportes do Arizona divulgou, em uma nota, que pretende anular a validade do documento. Segundo informações do portal AZ Central, o órgão declarou:

"Documentos e fotos oficiais de identificação devem mostrar a aparência típica de uma pessoa no seu dia-a-dia, e permitem qualquer expressão religiosa ou necessidades médicas. As fotos são filtradas por uma tecnologia de reconhecimento facial, e se algum erro é detectado, a foto pode ser anulada".


O Pastafarianismo, referente à Igreja do Monstro Espaguete Voador, foi criado em 2005 com o objetivo de reagir ao ensino do "design inteligente"  em escolas dos Estados Unidos . Eles acreditam que o mundo foi criado, 5.000 anos atrás, por um Monstro de Espaguete Voador – o que explica a referência ao utensílio doméstico.

Com o passar dos anos, a crença se transformou em uma forma de combater a intolerância religiosa e defender a liberdade de expressão.

Não foi a primeira vez

Em janeiro de 2016, Andrei Firin, um fiel da Igreja do Monstro Espaguete Voador , conseguiu autorização, na Rússia, para usar um escorredor de macarrão em sua foto da sua licença para dirigir .

O "pastafari", como se autodenominam os fiéis da igreja, é o primeiro cidadão russo a conseguir tal proeza. Ele foi a quinta pessoa no mundo a usar o apetrecho em um documento oficial, e agora, Corbett também faz parte desse seleto grupo.

O precursor desta briga foi um austríaco, que, em 2011, ganhou a mesma permissão referente à foto da carteira de motorista, alegando se tratar de um "chapéu religioso". Outra vitória da religião foi conquistar, na Nova Zelândia, o direito de realizar casamentos no país.

Leia também: Vampiro? Câmera de segurança flagra homem de preto sem reflexo em loja; assista

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.