Tamanho do texto

Quando um homem passa na frente de espelho e seu reflexo não aparece, só podemos estar falando de um vampiro; vídeo foi gravado nos Estados Unidos

Câmeras de seguranças capturaram suposto vampiro: o homem passa na frente do espelho e este não mostra seu reflexo
Reprodução/Youtube
Câmeras de seguranças capturaram suposto vampiro: o homem passa na frente do espelho e este não mostra seu reflexo


As câmeras de segurança de uma loja de Savannah, capital da Geórgia, nos Estados Unidos, flagraram o que seria um vampiro caminhando pelos corredores. Apelidado de Edward Cullen – personagem fictício da saga "Crepúsculo", de Stephenie Meyer –, a criatura paranormal gerou polêmicas nas redes sociais.

Leia também: Bizarro! Homem alega ter feito contato com alienígena nos Estados Unidos

No vídeo, vemos o que começa com uma cena rotineira em qualquer loja, mas quando um homem, extremamente branco e todo vestido de preto, passa na frente do espelho e este não mostra seu reflexo, percebemos que há algo de muito sinistro acontecendo. Se mais nada tivesse sido refletido no espelho, seria fácil desconfiar da veracidade das imagens, mas misteriosamente, outros reflexos aparecem ao longo das filmagens – o único diferente é o suposto vampiro .

O mistério sobre o "homem sem reflexo" começou quando as câmeras de segurança foram analisadas para investigar um caso de roubo dentro do estabelecimento. Enquanto duas mulheres, que tentavam adivinhar quem fora o responsável pelo crime, assistiam o vídeo, elas perceberam a falta de reflexo do homem e não conseguiam acreditar no que estavam vendo.




O vídeo fez muito sucesso nas redes sociais e foi publicado em diversos canais do Youtube, como no perfil "Luke Jones", que postou a filmagem há mais de três anos, em novembro de 2013, e coleciona mais de 3 milhões de visualizações.

Leia também: Fantasma é flagrado em casa mal-assombrada; veja a imagem e tire suas conclusões

Desvendando o mistério

Após muitas especulações, houveram argumentos tanto de pessoas que acreditaram na autenticidade do vídeo, quanto de quem se manteve cético e duvidou da história desde o início. 

E o segundo grupo sairia vencedor se fizesse uma aposta sobre o conteúdo das imagens: o vampiro nunca fora real, era apenas uma pegadinha dos mágicos escoceses Barry Jones e Stuart MacLeod, do programa de televisão The Happenings .

Leia também: Filhote ciclope: cabrito nasce com um olho só em vilarejo na Índia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.