Pelosi planeja visitar fronteira entre Coreia do Norte e Coreia Sul - 04.08.2022
REPRODUÇÃO / THE GUARDIAN
Pelosi planeja visitar fronteira entre Coreia do Norte e Coreia Sul - 04.08.2022

A presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi e sul-coreano, Kim Jin-pyo, expressaram preocupações com o aumento das ameaças representadas pela Coreia do Norte com armas nucleares.

O governo Sul-coreano emitiu um comunidado nesta quinta-feira (04) sobre a visita da representante americana, porém texto não mencionou o atrito causado pela viagem de Pelosi a Taiwan .

Ao ler um comunicado conjunto à imprensa após seu encontro com Pelosi, os representantes explanaram sentimento de preocupação com “o aumento grave de ameaças da Coreia do Norte”, disse Kim Jin-pyo, que é presidente da Assembleia Nacional da Coreia do Sul. 

“Com base em uma dissuasão poderosa e estendida contra a Coreia do Norte que nosso público pode perceber que concordamos em apoiar os esforços dos dois governos para desnuclearizar e reestabelecer a paz por meio de cooperação internacional e diálogos diplomáticos”, disse o comunicado.

A declaração conjunta no entanto, deixou de fora qualquer menção à visita de Pelosi a Taiwan e as tensões causadas pelo encontro desavisado. 

A China iniciou hoje, 04 de agosto, exercícios de artilharia na região de Taiwan, com transmisão ao vivo. Uma forma de demonstrar seu poder e sua indignação com a movimentação geopolítica na região autogovernada ao qual a China proclama ser parte de seu país, conhecido no princípio da "China Unificada" e que foi reconhecida pelos EUA em seus acordos bilaterais. 

A Coreia do Norte alertou que “nunca tolerará” críticas dos EUA ao seu programa nuclear e chamou 'Washington' de “o chefão da proliferação nuclear”. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários