Gustavo Petro
Reprodução
Gustavo Petro

Lideranças regionais parabenizaram neste domingo o ex-guerrilheiro Gustavo Petro por sua eleição para a Presidência da Colômbia. Os presidentes do Chile, Gabriel Boric, da Argentina, Alberto Fernández, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram rápidos em seus cumprimentos ao primeiro político esquerdista a chegar ao Palácio de Nariño. O presidente Jair Bolsonaro, no entanto, não se pronunciou até o momento.

Boric, o jovem presidente de esquerda chileno, foi um dos primeiros a tuitar uma mensagem para Petro e sua vice, Francia Marquez, a primeira mulher negra a chegar à Vice-Presidência do país. Ele disse ter "acabado de falar" com o novo líder colombiano para "felicitá-lo por seu triunfo na Presidência da Colômbia":

"Alegria para a América Latina! Trabalharemos juntos pela unidade de nosso continente nos desafios de um mundo que muda velozmente. Seguimos!", disse Boric, que tomou posse em março.

Menos de dez minutos depois, foi a vez de Fernández afirmar que a vitória de Petro e Marquéz "o enche de alegria". O peronista disse ter "transmitido ao presidente eleito suas felicitações pela confiança que o povo colombiano depositado nele:

"Sua vitória reafirma a democracia e garante o caminho para uma América Latina integrada em um tempo que exige a máxima solidariedade entre povos irmãos", afirmou o ocupante da Casa Rosada.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários