Evacuação de civis na Azovstal
Reprodução/Ansa - 02.05.2022
Evacuação de civis na Azovstal


Pelo menos 50 civis ucranianos foram evacuados nesta sexta-feira (6) da siderúrgica Azovstal em Mariupol , informaram as autoridades de Kiev, enquanto a mídia russa relatou 51 pessoas retiradas ao todo, incluindo algumas crianças.

Os corredores humanitários vão ficar fechados até amanhã de manhã, último dia do cessar-fogo anunciado por Moscou, divulgou a agência Tass.

O governo russo anunciou, na última quarta-feira (4), um cessar-fogo por três dias para permitir a evacuação de civis da siderúrgica Azovstal em Mariupol. O anúncio foi feito pelo comando militar da Rússia, que informou que o corredor humanitário permaneceria aberto de quinta a sábado, com os civis podendo escolher se vão para os territórios controlados pela Ucrânia ou pelos russos.


No entanto, um comandante do batalhão Azov, que defende o local, afirmou que a trégua, na prática, não aconteceu. 

"Os russos violaram sua promessa de trégua e não permitem a retirada dos civis, que continuam escondidos com os combatentes na parte subterrânea da indústria", disse Sviatoslav Palamar, subcomandante do batalhão, num vídeo publicado pelo Telegram.

A siderúrgica é considerada o último ponto de resistência ucraniana após 70 dias de guerra. De acordo com dados do governo, mais de 90% dos prédios da cidade foram destruídos nos ataques russos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários