Bombardeio atingiu igreja ortodoxa em Odessa
Ansa
Bombardeio atingiu igreja ortodoxa em Odessa

Um bombardeio com mísseis russos atingiu nesta segunda-feira (2) uma igreja ortodoxa na cidade portuária de Odessa, no Mar Negro, no sudoeste da Ucrânia, e matou um menino de 15 anos.

A informação foi confirmada pelo secretário do Conselho de Segurança Nacional, Oleksiy Danilov, citado pela agência Interfax Ucrânia.

De acordo com Danilov, o ataque danificou janelas e paredes de uma edificação residencial, além de um telhado da igreja ortodoxa adjacente. Uma segunda criança foi levada para o hospital gravemente ferida.


Leia Também

No último fim de semana, a Rússia intensificou os ataques contra a cidade portuária e, em um deles, o aeroporto local foi duramente atingido.

Leia Também

Odessa é um município fundamental para os ucranianos e a defesa da localidade foi reforçada desde que Moscou informou que focaria sua guerra apenas nas regiões separatistas do Donbass e aquelas próximas à Crimeia, anexada unilateralmente em 2014.

EUA - Hoje, inclusive, o embaixador Michael Carpenter, representante dos Estados Unidos na Organização para a Segurança e Cooperação da Europa (OSCE), afirmou que Moscou pretende "anexar" as repúblicas separatistas de Donetsk e Lugansk.
Já a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, reforçou que, "no momento, Biden não tem planos de visitar a Ucrânia".

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários