Prédio residencial atingido por ataque russo
Reprodução/Twitter
Prédio residencial atingido por ataque russo

Nesta quarta-feira (27), o Ministério da Defesa russo afirmou ter atingido um depósito de armas em Zaporíjia, na Ucrânia. No local, estariam armazenados os equipamentos militares fornecidos a Kiev pelos Estados Unidos e países aliados .

Moscou informou ter usado mísseis Kalibr para destruir 59 alvos militares ucranianos durante a noite dessa terça (26). De acordo com a pasta, os projéteis "destruíram hangares com um grande lote de armas e munições estrangeiras".

As declarações ainda não foram confirmadas pela Ucrânia.

O governo russo tem acusado países ocidentais de fomentar o conflito ao fornecer munição, armas e outros equipamentos militares à Ucrânia. Ontem, no entanto, autoridades de mais de 40 países se reuniram na principal base da Força Aérea americana na Europa, em Ramstein, na Alemanha, para coordenar como melhor fornecer armamento a Kiev .

Leia Também

Um dos anúncios do encontro, realizado por iniciativa dos EUA, foi a entrega por parte do governo alemão de tanques para Kiev, em uma significativa mudança de política.

A medida, porém, desagrada o Kremlin que, nesta segunda (25), por meio do chanceler Sergei Lavrov, acusou o Ocidente de travar uma guerra de procuração contra a Rússia. Lavrov disse perceber a existência de um risco “muito significativo” de uma guerra nuclear entre superpotências .

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários