Vitali Klitschko, prefeito de Kiev
Divulgação/EPP
Vitali Klitschko, prefeito de Kiev

Mais da metade da população de Kiev, capital da Ucrânia, já fugiu da cidade desde o início da invasão russa, no último dia 24 de fevereiro.

O município tinha pouco menos de 3 milhões de habitantes antes do início da guerra, e seus arredores, como Irpin, têm sido constantemente atacados pelas forças russas.

"Pelas informações que temos, um em cada dois residentes de Kiev já deixou a cidade", disse o prefeito Vitali Klitschko a uma emissora local nesta quinta-feira (10).

"Pouco menos de 2 milhões de pessoas já saíram. No entanto, Kiev foi transformada em uma fortaleza. Cada rua, prédio e posto de controle foi fortificado", acrescentou.

Leia Também

Sirenes antiaéreas voltaram a soar na capital nesta quinta, e a prefeitura pediu para os cidadãos remanescentes se esconderem em abrigos subterrâneos.

De acordo com a ONU, a guerra na Ucrânia já gerou mais de 2,3 milhões de refugiados, sendo que a maior parte (1,4 milhão) cruzou a fronteira com a Polônia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários