Vista da central nuclear de Zaporizhzhia
foto: ANSA
Vista da central nuclear de Zaporizhzhia

Os Estados Unidos alertaram que as forças de ocupação da Rússia estão se aproximando de mais uma central nuclear na Ucrânia.

As tropas de Moscou já tomaram na última sexta-feira (4) a usina de Zaporizhzhia , principal central de energia atômica do país, levantando temores de uma catástrofe nuclear até maior que a de Chernobyl, em 1986.

Em reunião de emergência do Conselho de Segurança na sexta, a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Linda Thomas-Greenfield, disse que o ataque a Zaporizhzhia marca uma "perigosa nova escalada" no conflito e falou que as forças russas estão a 20 milhas (32 quilômetros) da segunda maior usina nuclear ucraniana.

Um dos prédios da usina de Zaporizhzhia usado para treinamentos chegou a pegar fogo durante o assalto, mas os seis reatores da central permanecem intactos. A Ucrânia conta com quatro usinas nucleares em atividade, totalizando 15 reatores, que geram metade da energia elétrica consumida no país.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários