Disparo promovido pela Coreia do Norte em 14 de janeiro de 2022
foto: Ansa
Disparo promovido pela Coreia do Norte em 14 de janeiro de 2022

A Coreia do Norte disparou mais um  míssil balístico em direção ao Mar do Japão na manhã deste sábado (5), apenas quatro dias antes das eleições presidenciais da Coreia do Sul.

Segundo o Estado-Maior das Forças Armadas de Seul, o projétil percorreu 270 quilômetros antes de cair no mar e atingiu uma altitude máxima de 560 quilômetros.

Esse é o nono disparo promovido pelo regime de Kim Jong-un em 2022, o que levantou temores na comunidade internacional sobre uma possível retomada de testes nucleares e de mísseis intercontinentais, interrompidos desde o fim de 2017.

Um centro de estudos com sede nos Estados Unidos, o 38 North, diz que imagens de satélites mostram que a Coreia do Norte continua produzindo materiais para armas atômicas em sua principal instalação nuclear, em Yongbyon.

Leia Também

"Recentes imagens de satélites do centro de pesquisa científica nuclear de Yongbyon indicam a produção de material físsil, tanto plutônio como urânio enriquecido", afirmou o instituto.

"Essas atividades, assim como a gradual expansão e a evidente ocupação de alojamentos para funcionários nos últimos anos, sugerem que o complexo está pronto para a expansão", acrescentou.

Pyongyang tem ignorado apelos dos EUA para voltar às negociações de desnuclearização, que estão travadas desde fevereiro de 2019, quando o então presidente Donald Trump abandonou de forma abrupta uma cúpula com Kim no Vietnã.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários