Torre Eiffel iluminada com as cores da bandeira da Ucrânia
Reprodução/Youtube
Torre Eiffel iluminada com as cores da bandeira da Ucrânia

As forças navais francesas interceptaram, no Canal da Mancha,  um navio de bandeira russa com um carregamento de automóveis com destino a São Petersburgo, após as sanções adotadas pela União Europeia (UE) contra Moscou por invadir a Ucrânia, anunciaram autoridades.

O cargueiro "Baltic Leader", que partiu da cidade francesa de Rouen, foi escoltado até o porto de Boulogne-sur-Mer, no Canal da Mancha, por forças francesas, informou a administração marítima às agências internacionais.

As autoridades francesas suspeitam que a embarcação pertença a uma das empresas russas afetadas pelas sanções europeias.

"(O cargueiro) é fortemente suspeito de estar ligado aos interesses russos visados pelas sanções" disse a capitã da Prefeitura Marítima Francesa, Veronique Magnin.

Leia Também

Veronique disse que as verificações em andamento estavam sendo realizadas por funcionários da alfândega e que a tripulação do navio estava "sendo cooperativa".

Leia Também

A embaixada russa na França está buscando uma explicação das autoridades sobre a apreensão, disse a agência de notícias russa RIA citando a embaixada.

Na quinta-feira, os países-membros UE adotaram sanções sem precedentes contra empresas, entidades e indivíduos russos em represália pela invasão russa da Ucrânia.

Países da bloco e os Estados Unidos concordaram na sexta-feira em congelar os ativos europeus do presidente russo Vladimir Putin e de seu ministro das Relações Exteriores para punir a Rússia pelo ataque à Ucrânia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários