Pessoas em estação de metrô na Ucrânia
Reprodução
Pessoas em estação de metrô na Ucrânia

O Itamaraty iniciou a operação de retirada de brasileiros da Ucrânia nesta sexta-feira. De acordo com o perfil da Embaixada brasileira no país do Leste Europeu, o primeiro deslocamento foi feito de trem, às 22h do horário local, partindo da Estação Central de Kiev, na capital ucraniana.

A embaixada informou que está negociando com o Conselho Regional de Chernivtsi, cidade no Sudoeste do país, para que seja oferecido transporte até a fronteira da Romênia. A estimativa do governo brasileiro era de que, nesta sexta-feira, ao menos 250 brasileiros tentavam sair da Ucrânia.

Segundo o Itamaraty, há cerca de 500 brasileiros no país. A orientação do ministério é que as pessoas sigam para Kiev para serem retiradas da Ucrânia.

O primeiro deslocamento está sendo feito para brasileiros e cidadãos da América Latina. A Embaixada brasileira na Ucrânia, no entanto, informou que tem “condições mínimas de prestar ajuda durante o trajeto até a fronteira com a Romênia”. Na postagem feita para divulgar o início da operação de retirada, no perfil da Facebook da embaixada, a representação diplomática informou que quem decidir seguir a viagem o fará “por sua conta e risco próprio”.

Leia Também

Leia Também

“Viajantes que tenham sucesso em partir com o trem deverão ter em conta relevantes dificuldades na chegada, onde há problemas com a falta de hospedagem, transporte para a fronteira, bem como longas filas na imigração”, disse a Embaixada brasileira, que completou: “Os cidadãos que decidirem escolher essa viagem o farão por conta e risco próprio”.

O Itamaraty disse ainda que a Embaixada brasileira em Bucareste, capital da Romênia, está informando os nomes e números de documentos de todos os viajantes do deslocamento para assegurar, na medida do possível, a entrada no país. A representação do Brasil no território romeno também tenta contratar ônibus para fazer o translado dos brasileiros até Bucareste.

Ainda não há informação de novos deslocamentos para retirar brasileiros da Ucrânia, segundo o Itamaraty. O ministério também não informou quantas pessoas foram retiradas do país nessa primeira missão.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários